A ofensa da generalização

A ofensa da generalização

No meu trabalho como feminista, uma das coisas mais irritantes que tenho que encarar é o fato de que os homens não aceitam que eles, por mais gente boa que sejam, também podem agir de forma inadequada, falar coisas sem sentido para nós e deslegitimar nossa dor. O mais comum dos ataques histéricos dos machistas “gente boa” (às vezes esquerdo-macho) é que nós, mulheres, não podemos generalizar quando falamos de homens. “NEM TODO HOMEM FAZ ISSO, portanto sua fala não é válida”. “Generalizar está errado”  “você está errada em generalizar” e todo mimimi de macho oprimido Pois bem. Outro dia eu tive que ler que os caras não achavam adequado as rappers feministas falarem apenas de machismo, sempre cantar sobre como nós, mulheres, somos objetificadas e abusadas, afinal, para esse rapaz, todo mundo já sabia disso, não precisa falar mais sobre isso. Leia o comentário dele: “(…) (A rapper) perde muito tempo falando sobre estes mesmos assuntos, entendeu? Até nas letras agora só tem homem tem que respeitar mulher, mujer não é objeto e tal, como se precisasse dizer isso as pessoas.” Eu também queria que não fosse necessário, porém, na minha vivência – É NECESSÁRIO, sim. Talvez, a novidade PARA ELE seja que a gente sente a falta de respeito na pele, o tempo todo. E por que não “podemos” falar sobre isso? Quando eu disse que sim, precisamos falar sobre isso pois HOMENS EM GERAL ainda nos tratam com falta de respeito, ele deslegitimou todo meu comentário porque eu generalizei. Eu disse: “PRECISAAAAAAAAAAA!!! A gente tá BERRANDO isso!!! Vc ouviu minha letra (a Resistência das Minas)??? É a nossa vivência!!!! Como... ler mais
A gente precisa d’a gente

A gente precisa d’a gente

A gente precisa d’a gente Sororidade Uma apoiando o processo da outra A gente precisa d’a gente Conversa por horas Compartilhando experiências A gente precisa d’a gente Porque somos nós as mais conscientes Sobre nossa própria dor A gente precisa d’a gente Porque eles, muitas vezes, Não ouvem nossas necessidades A gente precisa d’a gente Pra mostrar que existe quem se importa Que a gente é linda como é A gente precisa d’a gente Pra nos lembrar Que não precisamos nos comparar Que sentimentos ruins fazem parte Que sentir raiva de homem é normal Que eles estão errados ao nos ferir Que eles podem ter dois carros, mas não dois papos Que nós somos suficientes Que nós somos fortes Que juntas podemos iluminar um mundo inteiro. A gente precisa d’a gente E eles... ler mais
Se afasta

Se afasta

Se tem medo de amar Se afasta Se tem medo de mergulhar Nem cola Ter medo de sofrer, Compreensível. Quem não tem? Não vou mudar por ninguém E faça o mesmo por mim Quero me abrir, mergulhar Nas profundezas de um ser Viajar Sem expectativas do que vou encontrar Só explorar e conhecer O amor, diferentes formas Vínculos Famílias Tipos Já sou o Amor, não tenho medo de quem sou. Meu oposto é o medo Sou forte Se tem medo de amar Se... ler mais
O amor se vai

O amor se vai

To tentando seguir em frente Esquecer da gente Viver mais leve, Como se deve… Na mente habita um furacão A alma é plena e no coração Doí a distância, mas fica a paz De um romance que não dá mais. A vida passa, sem distração Aprendizado e força na decisão Vivência não é tempo desperdiçado Mas não mereço meu coração despedaçado Na experiência do amor livre Em que se vive, Se entregar é fundamental Mas se fechar se torna fatal Se esconder por trás da dor Pra não viver um novo amor. Amar não é energia perdida Mas eu mereço ser correspondida Gosto da profundidade do Universo Infinitas formas pra escrever o verso Viver um amor completo, não pela metade Mas tem que ter coragem pra viver na intensidade. Mereço mais. Mereço paz. Se tudo se vai, se amar é sofrer Quero ao menos alguém que faça por... ler mais
Rede de Apoio

Rede de Apoio

Ângelo, meu amor! Estamos com 5 meses. Não escrevo mensalmente, mas vim aqui falar de algo muito especial e presente em nossas vidas. Desde que eu descobri que você está aqui com a gente, minhas amigas (e amigos) têm se mostrado tão amorosos e preocupados com a gente, mais do que nunca e, ao mesmo tempo, como sempre foram comigo. Elas me perguntam da nossa alimentação, do nosso bem estar, se a gente tá enjoando, se a gente tá feliz, se estamos confortáveis, se você está mexendo!!! No dia do Natal, dia 25/12, você se mexeu e eu senti pela primeira vez. Sua avó Lindaura também sentiu, com muita alegria. Uma amiga virtual, inclusive, disse que também sentiu a bebê dela nesse dia, e fez uma referência sobre as energias da data. Todas as minhas amigas se animaram, quiseram também sentir. Aí ontem fomos à praia com algumas delas. Na foto está: Jordana, Candy, Carla, Júlia, Alice e Felipe (irmão da Alice, que quis te sentir mesmo não tendo tanta intimidade com a gente). E essa turma é só uma parte de nossa rede! Por enquanto eu só te sinto deitada, então deitei e ficamos falando com você. Todos sentiram, e AMARAM te sentir. Recebemos MUITO amor e foi um momento inesquecível. Ângelo, você não tem ideia de como somos sortudos, filho!!! Temos uma rede de apoio INCRIVEL, mulheres (e alguns homens) dispostos a nos amar, a nos receber, a nos paparicar e nos orientar. Estamos feitos, filho! Escrevo essa carta pra um dia você saber, pra eu não me esquecer, do amor que estamos recebendo. Da sorte que temos! Dessas pessoas... ler mais
A luta é contra quem mesmo?

A luta é contra quem mesmo?

Direto ao ponto. O Brasil tá dividido porque o sistema abriu muita oportunidade pra “empresários” e em seguida fez todo mundo entender que estamos numa briga de “empresários contra empregador” e não é. Empresários tão falidos quanto qualquer empregado, trabalhando apenas pra pagar contas, querendo conservar esse sistema vigente com suas opniões políticas que teoricamente incentivam empresários, só porque alguns direitos básicos estão garantidos porque podem pagar. Trabalhadores querendo lutar pelos seus direitos básicos e são diariamente prejudicades, oprimides, humilhades por pessoas tão sofridas quanto, mas que querem conservar esse sistema, essa matrix. Não é empreendedor contra funcionário É o povo contra os poderosos que comandam a porra toda (Capital). É Humano contra a Matrix. A matrix (sistema) é feito pelos conceitos que construímos ao longo da nossa vida, informações que recebemos da mídia, das instituições de ensino, da família, da igreja, das “autoridades”. É uma luta dos espíritos livres contra as opressões – machismo, racismo, classismo,  gordofobia (etc). O patriarcado e o capitalismo contra nós, almas, aqui no Planeta em EVOLUÇÃO. Empreendedores que querem garantir seu dinheiro é “do mau”? É o inimigo? Não! Elxs querem garantir seus direitos básicos, já que nesse sistema apenas quem pode pagar, tem direito. O empreendedor tá querendo a parte dele do bolo. Sim, existem muitos empreendedores que reproduzem “o mal”, que oprimem. E é horrível, mas a luta não é contra eles, exatamente. É contra o sistema que, PASMEM, todes nós podemos reproduzir! Veja… Hoje, qualquer empreendedor, mesmo um que não tenha PODER nenhum de decisão direta como grandes empresários têm, acham que a luta é “empreendedor versus funcionário”. E aí são convencidos que... ler mais
Somos malandras

Somos malandras

Passei o dia todo lendo e xingando homens em debates superficiais sobre o clipe de Anitta e toda hora me vinha na cabeça: o verdadeiro empoderamento não é midiático, é nosso trabalho diário. É isso eles nunca vão entender. Principalmente se ninguém pegar na mão e explicar. A maioria desses homens vinha com questionamentos do tipo “por que a Anitta pode rebolar a bunda e se objetificar no clipe dela e a gente não pode objetificar vocês numa propaganda de cerveja?” Resposta: EU QUERO Típico argumento de quem realmente finge que se importa com objetificação feminina só pra bater de frente com as feministas nessas horas. Pois bem, homens não sabem um doze-avos do nosso trabalho de base, como feministas. E o machismo deles nos julga HIPÓCRITAS porque defendemos a não objetificação da mulher, mas aplaudimos a Anitta na laje de bunda pra cima. “Vai malandra” é só um hit de verão. Uma polêmica e passa, como tantas outras. Serviria pra eles fazerem autocrítica, mas preferem pegar no nosso pé. Serviria prs eles refletirem sobre como ELES nos objetificam e como ELES querem o protagonismo SEMPRE. Só que eles não sabem como a gente se alimenta de empoderamento 24/7 – independente de Anitta. Não sabem o que significa sororidade, não sabem nossas conversas, nossas reflexões, nossas pautas. Um deles disse que o feminismo “está fracassando”. Muitos dizem isso. Coitados! Isso é o que eles, no fundo, queriam. Isso é o que eles pensam ao ver nossa sociedade fazendo escândalos moralistas. Questionamos, então, “ó sábio feminista” o que devemos fazer para nosso movimento dar certo. Claro, bostejou um pouco mais e se... ler mais
Grande Roda de Cura entre irmãs

Grande Roda de Cura entre irmãs

Esqueça as mentiras que temos que lidar o véu da ignorância não pode nos parar Compartilhamos feridas e plantas medicinais Nos entendemos apenas por sinais Sem inveja, cada uma original Juntas somos fortes, conexão mental Eu sou você e você sou eu Ontem, hoje… eternamente Deus Ou deusas! Louvadas sejam nossas irmãs! Hoje entendo o que é SORO-ridade transcendemos a fraternidade Elas andam comigo todo o tempo Desde pequena, tínhamos nosso templo Ao Sul, as estrelas pareciam purpurina Sinto até hoje aquela adrenalina Ao norte, sóbrias como poucas Éramos todas virgens e loucas Me pergunto se ajudei suficiente Será que eu tinha todas elas em mente? Será que algumas foram obrigadas? Abusos, violências, subjugadas Medo de estar nas estatísticas Nos maltratam apenas por características A mim, boicotam, não me ouvem ao cantar e isso só aumenta meu medo de falhar Mas canto o que tá no coração O boicote é por uma razão – pra eles, sou extremista, Logo, tu, machista? Só querem a gente quietinha Mas já cantei EU NÃO, Eu Sou, Eu fui, Eu posso Eu sou você e você sou eu Ainda que não me reconheça Que talvez doida eu pareça Somos inimigas? Não! nem precisamos ser amigas Quem sabe não silenciar, Não ter medo do que eles vão falar Basta não incentivar a covardia Podia ser sua mãe, sua avó ou sua tia Quem tem culpa? ele! que devia ser fiel Ela não, a quem também prometeu o anel. Estética, padrão. Manipulação. Querem incentivar a competição. Mas não, irmãs, isso é conto do vigário Fala sério, eles que são muito otários Sou pequena, tenho muito... ler mais
Menina ou Menino?

Menina ou Menino?

Menina ou menino, Quero saber! Rosa ou azul?! Vestido ou boné?! Princesas ou herói? Não. Nada disso. Menina ou menino, quero saber! Ana Luz ou Ângelo, quero te tratar pelo nome! XX ou XY, são as reais diferenças. A forma que vou te tratar, Por nossa sociedade ser tão estranha Vai mudar, sim. Mas não te diminuirei se for menina, Não te deixarei usufruir de tanto privilégio se for menino. Se for menina, te farei livre e empoderada. Se for menino, já terá esse tratamento na sociedade, Então te ensinarei honrar o feminino em você. Te ensinarei, se for menina, a exigir equidade de direitos, Te ensinarei, se for menino, a abrir mão de regalias em prol dessa equidade. Se for menina, não será limitada apenas a sua beleza. Se for menino, não será diferente. Independente do sexo, Você será orientado pra ser sua melhor versão. Independente do sexo, Você será orientado a se amar. Independente do sexo, Te orientarei a se conhecer, Se conectar com o divino em você. Independente do sexo, Te orientarei a ser uma pessoa digna, Independente, Coerente, autodidata, mão na massa. Independente do sexo, Terá liberdade pra escolher seu próprio destino. Terá liberdade pra andar como quiser. Terá liberdade pra se expressar da forma que preferir. Vou te deixar ser quem veio ser. Talvez eu falhe, como ser humano, Posso errar com você. Talvez eu projete algo ruim em mim, em você, mas prometo me esforçar pra ser uma boa mãe. Menina ou menino? No meu ventre carrego um bebê com cromossomos XY Bem-vindo... ler mais
Hoje pela manhã

Hoje pela manhã

Minha única pretensão É poder transbordar gratidão Entender que tudo tem seu motivo Amar sem precisar de crivo Guardar só os melhores momentos Aprender com os tormentos Estar próxima ao mar, aprender a perdoar. Voar. Voar. Voar. Ser a melhor que eu puder ser Sem comparar com você. Amar. Amar. Amar. Alma livre, peso pena Renovação, compaixão, mente... ler mais
Página 1 de 3912345...102030...Última »

Confira meu Single A Resistência das Minas

 

Sou escritora, terapeuta holística, facilitadora de processos de autoconhecimento e estou colocando “Ritmo” em meus escritos (Poesias) e fazendo um RaP disso tudo, um rap no estilo “zen vergonha”, risos.

Eu amo escrever e compartilho meus processos de evolução para que as pessoas se sintam inspiradas a correrem atrás de seus próprios sonhos.  Quando eu escrevo, exponho meu ponto de vista. Minha leitora ou meu leitor não necessariamente concorda comigo e, na verdade, concordar ou não é o que menos me importa.

Quando escrevo, estou fazendo uma terapia. Estou tirando algumas conclusões de assuntos que muitas vezes são inconclusivos. Conclusões essas que posso expandir ou até mudar a partir de uma nova informação ou experiência. Quando escrevo, estou racionalizando meus processos de autoconhecimento e conhecimento do mundo.

Quando eu disponibilizo o que estou escrevendo para que as outras pessoas possam ler, minha intenção é que, se sentirem no coração, reflitam sobre e tirem suas conclusões pelas próprias experiências!

Como terapeuta e facilitadora de processos de autoconhecimento, sou praticante da técnica de cura energética ThetaHealing e criei uma Oficina de Autoconhecimento. Essa Oficina tem uma metodologia exclusiva porque é do meu coração para o coração de vocês, eu mesma desenvolvi a partir de estudos de comunicação (sou formada em Jornalismo), cura energética e reprogramação mental (ThetaHealing e outras técnicas) –  então é bem especial mesmo <3

Essa metodologia chamada Sistema de Gerenciamento de Questões Pessoais propõe um novo olhar sobre um “problema” (questão), com foco na *solução*.

Estou produzindo meu primeiro álbum de música como Gabitopia e logo tratei novidades <3

 

Paz e Luz

Nesta categoria, você encontrará textos sobre minha experiência com a espiritualidade. Como um Ser em evolução, faço aqui as reflexões sobre como me conectar com meu Eu superior e como posso ser uma pessoa melhor no meu cotidiano com minha família, amigos, desconhecidos e nas relações profissionais.

Esta categoria é muito mais genérica e estão os textos sobre comportamento, vegetarianismo e outras reflexões sobre o meu estilo de vida ideal.
Estilo de Vida

Esta categoria é muito mais genérica e estão os textos sobre comportamento, vegetarianismo e outras reflexões sobre o meu estilo de vida ideal.

A categoria mais antiga do blog! Em Crônicas você pode ler todos meus textos cheios de aventura, romance, reflexões e, claro, muito beijo na boca. Tudo escrito com muito carinho, cada crônica escrita no tom e no ritmo que achei coerente para o tema.

A categoria mais nova do site, criada em Julho de 2015.  Segundo Aristóteles, a catarse diz respeito à purificação das almas por meio de uma descarga emocional provocada por um drama. Neste espaço exponho porque eu me sinto purificada com algumas obras artísticas, por exemplo: músicas, longas ou curtas ou artes plásticas.
Catarses

A categoria mais nova do site, criada em Julho de 2015.  Segundo Aristóteles, a catarse diz respeito à purificação das almas por meio de uma descarga emocional provocada por um drama. Neste espaço exponho porque eu me sinto purificada com algumas obras artísticas, por exemplo: músicas, longas ou curtas ou artes plásticas.

Em Matérias, publico os textos jornalísticos que produzo de forma independente e livre. Os temas são os mais diversos, inspirados nos últimos acontecimentos ou de temas que são relevantes para mim. Alguns materiais são da época da faculdade em que guardo com muito carinho toda aprendizagem dessa importante fase da minha vida.

Essa categoria foi criada após eu conhecer o campo da manipulação de energia com o objetivo de curar minhas feridas emocionais e fisicas, sanando-as e desobstruindo meus centros de energia para que eu possa cumprir minha missão de forma mais saudável, feliz, em paz e com gratidão. Aqui compartilho o que aprendo.

Gabriela Pagliuca

aka/vulgo Gabitopia

Sou artista e facilito processo de autoconsciência. Alimento o Gabitopia, esse blog, há mais de 11 anos. Estudei e sigo estudando comunicação, facilitação de grupos e técnicas de cura a partir de manipulação de energia (holística).

Meu blog é onde está quase todo meu trabalho como escritora, para saber mais clique aqui. Para saber mais do meu trabalho como facilitadora de processos de autoconhecimento, acesse aqui.

Meu propósito é amar, dar amor e estar em paz. Aqui é meu lar virtual, uma ferramenta para eu cumprir meu papel!

Gosta do Gabitopia?

Faça uma Contribuição Voluntária

Para apoiar o Gabitopia e meu trabalho de forma geral, você pode contribuir no botão abaixo, com o valor que quiser. Se quiser fazer uma contribuição voluntária ou parceria recorrente (mensal, semestral, etc), entre em contato no gabitopia@gmail.com que podemos conversar melhor.

Agradeço muito a todos que já me apoiam, pois sem esse apoio não conseguiria!

Envie uma mensagem preenchendo o formulário:

gabitopia@gmail.com

w

(13) 981310537

whatsapp