Eu odeio ter que ser forte o tempo todo. Sei que sentimentos ruins vêm, mas eu estou sempre querendo controla-los, como se eu fosse imune  a qualquer um que eu não queira sentir. Mas isso é impossível. Eu gosto de ser forte o tempo todo, gosto de estar sempre feliz. Tenho medo que a tristeza e dúvidas se estendam mais do que é necessário. Não gosto de chorar.Eu não gosto de me sentir mal, principalmente, se for por causa dos outros. Se isso acontece, me sinto idiota. Acho que me sentir mal por causa dos outros é fraqueza e além disso, eu me sinto invadida. A pessoa entra na minha vida, toma as decisões que ela quer tomar, sendo que eu não tenho controle nenhum no que ela decidir, e quando vejo, simplesmente fico mal. Não gosto chorar por alguém, a única pessoa que pode isso sou eu mesma, na minha cabeça.
Quando fico triste, me sinto idiota, como se eu fosse me sentir assim pelo resto da vida, como se eu estivesse retrocedendo para quando eu tinha 13 anos. Odeio me arrepender, é uma das coisas que eu odeio  admitir. E quando eu fico triste por algo que eu fiz, é claro que me arrependo.Às vezes dá impressão que se arrepender é para os fracos. Mesmo que eu possa crescer sentindo tudo isso, quem vai me convencer na hora da tristeza que ela vai passar, que é normal ou que essas coisas são boas pra gente?
“Deixa eu me sentir mal”, penso por mim mesma. Preciso de sentimentos assim pra poder seguir em frente, mas eu não consigo me convencer que isso é normal e que eu não posso estar no controle em todos os momentos.
Às vezes queria chorar mais, mas não consigo. Chorar só um pouquinho eu não queria. Lembro que quando eu era adolescente eu chorava e as angústias diminuíam, mas agora… eu não sou mais assim, não choro até perder o ar. Pensava que era necessário, mas descobri que não é.
Ser forte, eu entendi, não é controlar os sentimentos para não sentir coisas ruins e sim suportar essa dor. Deixar doer e saber que vai passar. Isso sim, é bom.
Alguém mais é assim? Gosta de controlar os sentimentos?