Por que não conseguimos amar mais?
Por que não conseguimos tolerar quem nos faz mal?
Por que não conseguimos aceitar com plenitude?
Por que temos tantos obstáculos pra ter paz?
Por que a paciência é tão seletiva?
Por que os sentimentos ruins nos impulsionam?
Por que as questões sociais nos afetam tanto?
Por que parece que estamos competindo pra ver quem sofre mais?
Por que estamos aqui, nesse terreno tão hostil, nós que queríamos amar mais?
As perguntas são mais importantes que as respostas.
Até quando?
Pra que?
Por que eu estou sob essa condição?
Por que? Pra que? Em que?
Liberdade!