Eu sou eu
Mas você acha que eu sou você
Sou uma parte sua
Que você rejeita
Que você afasta e não respeita
Prefere não conhecer
Mas hoje vim por nós aqui interceder

Você me fez me sentir “a Mais”
Mas sempre foi o melhor dos pais
O mais grave bullying vem de casa
Agradeço e hoje já regenerei essa minha asa

Sempre soube da semelhança
Não é questão de herança
A buscar meu centro
Vi que a briga vem de dentro

Você sempre foi exemplar,
Só não precisava exagerar
me sentia diminuída,
Eu não tinha consciência.
Era sutil, não tinha violência
Me sentia sem importância
Isso me levou a militância

Aqui só tem amor
Superei tanta dor!
Mas até que ponto a conexão
Depende da outra parte ou não?
Eu não sou a única na relação
A outra parte tem que querer aproximação
Algo nos afasta, nem sei
Foi por isso que apelei…

Eu aposto que sou a sua
Maior sombra também
Talvez desde neném
O que devo ter te feito,
Pra tanta falta de respeito?
Aos 11 e aos 15 nem sabia me defender
Você gostava de que?
De me ofender?
O pior bullying foi em casa,
Sei que não sou o que me disse
Mas tu é palhaço?
queria que eu risse?
Eu era criança
Quando tirava sarro de tudo que era meu,
Nunca foi violento,
você me explica então porque doeu?

Nunca entendi porque o sistema
não gostava de mim
Mas se nem meu Velho
me valorizava tanto assim,
A errada devia ser eu.
E assim tudo isso sobreviveu!
Me fortaleci, me orientei,
Me descobri !
Eu ser foda era seu desejo!
Aproveitei todo e qualquer ensejo
E quando fui atras de quem sou,
E vi que NISSO, você errou!
Me curei,
Me emancipei!

Aceito, honro e agradeço meus pais!
Tenho Aprendido demais,

Você pra mim é maravilhoso!
Errar é humano
e continua sendo vitorioso,
Nada tira sua honra e glória.
Mas você podia rever toda essa história.

Hoje eu
Não sei exatamente
Quem eu sou,
mas sei quem não sou
E o que quero ser
Desconstruí e descobri
Muita coisa sobre nós!

Ainda há muito que curar
E agora é sua vez de desatar os nós!

Sinto que o pior dos
bullyings foi em casa
Do meu próprio provedor
Tão sutil,
Você sempre foi meu salvador

Mas se liga na visão,
Na lição,
Sem mágoa e rancor
Porque arte é só amor

Se você sou eu,
me conhecendo,
Entendi várias fita sobre você
E por isso vim aqui interceder

Te mandei uma matéria sobre assédio
Você muito inteligente e sagaz
Disse que fosse você,
Xingaria o rapaz
E que essa simples ação
levaria ao fim da minha reclamação

O fim de toda dor da minha vida
Até porque a vida é simples,
Ao seu ver.

Mas pra mim,
Não! Não, nada a ver.

Aí.. pensei aqui..
minha realidade
É da sua bem diferente
você tá disposto a me conhecer
Realmente?
Eu amo você.
Eu compreendo você.
Eu respeito você.
Te convido a repensar
E estabelecer a paz em nosso lar!

Você me fez me sentir “a Mais”
Mas sempre foi o melhor dos pais
O mais grave bullying vem de casa
Agradeço e hoje já regenerei essa minha asa

Sinto muito pai
Eu te amo pai
Pai me perdoe
Pai eu sou grata