Direto ao ponto.

O Brasil tá dividido porque o sistema abriu muita oportunidade pra “empresários” e em seguida fez todo mundo entender que estamos numa briga de “empresários contra empregador” e não é.

Empresários tão falidos quanto qualquer empregado, trabalhando apenas pra pagar contas, querendo conservar esse sistema vigente com suas opniões políticas que teoricamente incentivam empresários, só porque alguns direitos básicos estão garantidos porque podem pagar.

Trabalhadores querendo lutar pelos seus direitos básicos e são diariamente prejudicades, oprimides, humilhades por pessoas tão sofridas quanto, mas que querem conservar esse sistema, essa matrix.

Não é empreendedor contra funcionário

É o povo contra os poderosos que comandam a porra toda (Capital).

É Humano contra a Matrix. A matrix (sistema) é feito pelos conceitos que construímos ao longo da nossa vida, informações que recebemos da mídia, das instituições de ensino, da família, da igreja, das “autoridades”.

É uma luta dos espíritos livres contra as opressões – machismo, racismo, classismo,  gordofobia (etc).

O patriarcado e o capitalismo contra nós, almas, aqui no Planeta em EVOLUÇÃO.

Empreendedores que querem garantir seu dinheiro é “do mau”? É o inimigo? Não! Elxs querem garantir seus direitos básicos, já que nesse sistema apenas quem pode pagar, tem direito. O empreendedor tá querendo a parte dele do bolo. Sim, existem muitos empreendedores que reproduzem “o mal”, que oprimem. E é horrível, mas a luta não é contra eles, exatamente. É contra o sistema que, PASMEM, todes nós podemos reproduzir!

Veja…

Hoje, qualquer empreendedor, mesmo um que não tenha PODER nenhum de decisão direta como grandes empresários têm, acham que a luta é “empreendedor versus funcionário”.

E aí são convencidos que eles têm o poder e precisam conserva-lo.

Mas eles não têm poder nenhum. Eles não são os poderosos! Eles não estão despertos e reproduzem o que o sistema ensina.

Não é “empresário vs trabalhador”. É povo trabalhador <e isso inclui empreendedores > contra governo (e o capital).

Podemos ver isso muito bem nos escândalos com empresas milionárias, que estão juntas com o governo. Não tem peixe pequeno. É tudo grande empresário.

Que poder um dono de uma lojinha tem, por exemplo, a não ser ter garantido alguns direitos básicos, pois pode pagar por eles?

Veja bem…
Não é o empreendedorismo o problema. Não é o militante esquerdista o problema.

O Problema é o sistema VIGENTE. O CAPITAL. O Ego humano que tá preso nesse sistema vigente, ou podemos interpretar como a matrix, atrás de poder – e ele está com o capital.

Mas esqueça! Aqueles que estão comandando, que não é você (desculpa te decepcionar) não tá nem aí pra nenhum de nós, povo.

Não tá nem aí pra quem tá na classe média alta, eles querem peixes MAIORES.

Você não é nada para o sistema, além de consumidor de tudo, do básico ao luxo. Eles fazem publicidade diferente pra você e só. Mais nada!

E se você tá aí, felizão com direitos básicos garantidos porque pode pagar, saiba que quanto mais você trabalhar pra conservar esse sistema, mais pessoas vão sofrer, e muito, com uma passagem aqui pelo planeta Terra sem poder desfrutar como você pode. É sua responsabilidade também. Não adianta fingir que não vê. Tem medo de perder os privilégios, ao se juntar com o povo?

Bem, pra mim, isso é EGOÍSMO. Mas egoísmo é, ainda pra mim, apenas falta de amor do coração, então encha-se de amor ao próximo e tenha empatia para tomar melhores decisões.

A nossa escolha é entre manter como está e alimentar essa merda desse sistema que só nos ferra, conservando o “status quo” ou LUTAR ✊🏽 contra ele.

Eu escolhi lutar, usando arte, educação, autoconhecimento e militância como ferramenta.

A luta não tira férias!