Sobre se apaixonar 2

Sobre se apaixonar 2

Eu nunca entendi porque a gente se apaixona. É legal se apaixonar, mas só quando sabe que é correspondida. Fazer papel de boba, ficar envergonhada e vermelha, não saber o que falar e às vezes até mostrar que está tremendo pode ser bonitinho para o cara que também está a fim de você, ele já te acha fofinha, bonitinha e gatinha mesmo! Mas quando a gente sabe que o cara não vai achar nada “bonitinho” e sim uma pagação de mico… não é legal. Pode até ser que não tenha saída, que a gente  não controle esses sentimentos, mas é tão inútil uma paixão não correspondida! E nem venha me dizer que a gente aprende, que o coração fica mais forte porque do que adianta isso tudo, se dá vontade de chorar, a gente perde a fome – e quando volta vem mais forte -, a gente treme e não consegue nem fazer as coisas que temos que fazer nem nos concentrar no que é necessário concentração. Porque não podemos nos apaixonar por quem é apaixonado por nós? Porque a maioria das vezes, mesmo nos fazendo de forte, nos apaixonamos por quem não te vê mais do que como uma amiga? E porque a gente se sente feliz só de ver a pessoa ou de ver ele online no Facebook, se a gente sabe que mais do que isso não vai acontecer? Quantas dúvidas. O que a gente pode fazer? Deixar rolar, deixar o sentimento vir. Eu sei que a gente sofre, mas o segredo, acho, é saber lidar com esse sofrimento. É triste. Dá agonia e vontade de...

A mulherada voltou a ser idealizada.

É lindo ver que os meninos cantam músicas não simplesmente românticas, mas que idealizam nós, meninas! Nossa geração está salva, quem estava perdendo as esperanças: a nossa, como as outras gerações, os meninos continuam a nos idealizar! Lembrando que esse post fala de algumas bandas específicas citando trechos etc, mas serve pra qualquer banda que você, menina, goste!       Pode negar a vontade, mas eu tenho certeza que você enlouqueceria se descobrisse que músicas como “Se Você Quiser”, do Cine; “Entre Lençóis”, da banda Quarter; e, “Sinta Essa Noite”, da Mash foram feitas PARA VOCÊ.        Mesmo eles assumindo ter um jeito “meio livre de viver” (Entre Lençóis), admitem que quando a menina quiser, ele vai estar lá. E quem concorda que, nos dias de hoje, isso já basta pra saber que o cara tem o mínimo de consideração por nós?       E não adianta negar que você não derreteria se ouvisse um gatinho dizer “se você quiser o meu mundo é seu” (Se Você Quiser).  Mas, não desmerecendo  as outras músicas que são demais, o que me faria sentir mais especial com certeza é se um cara composse a música que fala de uma mina perfeita chegando sem aborrecer ninguém e que todos os meninos ficam no pé, mas não ficam com ninguém, e falando “você me faz tão bem” (Sinta Essa Noite) puxasse a ponte pro refrão. Sério, o cara baba na mulher começando com a primeira frase “a cidade pára quando você vem”.       Eu fico me perguntando como é que faz pra conseguir ser uma dessas meninas inspirações pros caras. E admito...

O mundo quer um acordo pra valer!

         Os representantes de cada país estão em Copenhague, na 15ª Conferência das Partes (Conference of Parts, CoP15) tentando negociar um acordo global para o clima. Esperamos um documento com metas, medidas e ações ambientais determinadas. Campanhas TicTac        Seria muito fácil se todos decidissem diminuir as emissões de carbono, mas a coisa fica difícil quando isso afeta o bolso de todo o mundo – literalmente. Todo mundo quer ver o mundo melhor, desde que sua fartura, seu luxo, suas viagens e seu desperdício não seja prejudicado, aí eles assinam. E outra coisa: ajudar o próximo, os mais necessitados, os mais pobres? Eles devem pensar: “O que EU ganho com isso?” Um absurdo, na minha opinião.        E para dar um empurraozinho – ou zão – na decisão desses representantes mundiais vários focos de protestos foram detectados. Na Av. Paulista, dia 11 e 12 de dezembro, eu estive lá. E não sei porque, mas estou a sensação de ter funcionado. Brincadeira, é claro que eu sei porque!          Sexta foi um pouco frustrante na verdade. Quando meu irmão e eu chegamos, já havia lá a Cleo, ela estava com um cartaz e vestiu uma fantasia da mãe Natureza, muito legal! Depois meu irmão conversou com um rapaz que gostou da ideia de ficar segurando uns cartazes. Éramos quatro. Depois chegou a Bia e o Daniel. Depois minha irmã e meu cunhado chegaram. Mas nisso um já tinha ido embora, outro também e foi assim. Mas fizemos um estraguinho, com certeza. Os pedestres paravam para ler e o pessoal nos carros tentavam....

A polêmica das pulseiras coloridas – A pulseira do sexo!

Quem já ouviu falar na pulseira que tá na moda entre os adolescentes? Essa moda começou na Inglaterra e já se espalhou pelo mundo. Elas são coloridas e já chegaram aqui no Brasil, mas não com todo o significado que tem nos outros países. Nos lugares em que a moda vem também com a preocupação dos pais, é porque cada cor corresponde a uma ação: beijo, abraço, exposição de partes do corpo e todo tipo de sexo. A menina usa, o menino tenta quebrar e se conseguir, ela tem que fazer o que a cor significa.        Gabi Freitas, é paulista, tem 14 anos e ficou chocada ao ver que as pulseiras tinham significados vulgares, mesmo assim continua a usar porque acha que eles são apenas invenção e além disso, “eu acho que pode até ter significados, mas caso alguém quebre, a pessoa só faz o que a cor diz se quiser”, ela disse que nunca viu ninguém brincar assim e que para menina fazer o que a cor manda, se ela não quiser ,”a menina tem que ter uma cabeça muito fraca.”        A brincadeira não vem com nenhum tipo de violência física, é um jogo que as meninas e os meninos sabem muito bem as regras. Quem faz o que a pulseira quebrada pede é porque quer e não porque é obrigada a fazer, é claro que sempre tem aquela coisa de ser rejeitada e zuada, mas cada um é dono de seu corpo e tem que saber impor limite, e esse você descobre quando começa a se sentir desconfortável quando pensa em fazer...

Como votar?

              Esse post começou como um comentário no post do blog Culturítica, do meu BFF e blogueiro do qUATROaNOS, Isaque Criscuolo, mas começou a ficar muito grande, então virou post. “Votar ou Não Votar Nulo” é um post ótimo e recomendo: É um esclarecimento para quem está na dúvida no que fazer para mudar a área política no nosso país! Isaque disse no post: “Como escolha consciente, os votos nulos e brancos podem até ser aceitos. Desta forma, o voto nulo indica que o eleitor não aprova nenhum dos candidatos, enquanto o branco indica a aprovação por todos, indiferente de quem seja eleito.” Se há tanta gente honesta e com vontade de mudar o país, porque continuamos votando nessas mesmas pessoas? Mesmo eu tendo influências e pensamentos um pouco de esquerda, acho que o melhor sistema político é a democracia, mas ele precisa funcionar com pessoas nos representando, para melhorarmos alguma coisa, o importante não é votar em branco ou nulo, mas sim  conhecermos em quem vamos votar.  Sou da opinião que não é possível todos os candidatos serem maus e desonestos. O únido problema é que na mídia e na classe dominante, os candidatos mais famosos que aparecem, os que têm mais visibilidade e influência são aqueles que estão nos partidos mais tradicionais. Mas será que queremos mesmo esses canditados nos representanddo?  Nunca vou me esquecer que uma vez uma conversa com um amigo: amigo: – em quem você vai votar? eu: – em Fulana. a: – Não, Gabi… a Fulana não tem nenhuma chance de ganhar, então é melhor você votar no Sicrano para o Beltrano...

Alto Astral e impressora!

Alto astral! Já me conformei que não posso mudar o mundo inteiro e fazer dele um lugar muito melhor para todos. Mas percebi que se eu puder atingir pessoas perto de mim, já estará ótimo, será minha missão cumprida. Se eu consigo, é porque eu uso o segredo do puro alto astral! Não é só falar e pensar, mas agir. Tenho alguns segredos como não falar mal dos outros, não olhar tudo pelo lado negativo, não ficar toda hora reclamando das coisas, tentar sempre resolver os problemas e não ficar só me lamentando. Se as coisas saem errado, temos que nos concentrar e agir para que elas voltem para sua órbita natural. Quando sofremos, choramos e  ficamos com raiva, temos que aproveitar tudo isso pegando toda essa energia que se acumula dentro de nós e colocar num transformador, fazendo tudo o que era negativo, virar positivo. Mas esse transformardor, cada um tem o seu. O segredo, na verdade, é tão fácil que parece pegadinha de vestibular, mas não é. Realmente parece difícil porque pensamos que só acontecem coisas ruins com a gente, não damos muito valor as coisas boas e essas coisas vêm quando decidimos, e leiam bem, DECIDIMOS parar de ver tudo pelo lado negativo.  Reclamar, falar mal e criticar de todos, não adicionar nada na vida dos outros não vão nos levar a lugar nenhum. Temos que tentar viver com paz, amor e bastante alto astral.  É assim que eu deixo o mundo mais pink, e você? Impressoras Tanto alto astral, vou te contar o que me deixa extremamente indignada. São as impressoras de hoje em dia....
Página 9 de 18« Primeira...7891011...Última »